Seviços - Unimed Vale do Caí

Cirurgia Bariátrica - Técnicas

         Atualmente existem várias técnicas para tratamento da obesidade, cada uma com suas vantagens e desvantagens. As técnicas denominadas mistas produzem uma diminuição do tamanho do estômago e também uma diminuição da absorção dos alimentos, e atualmente são as mais realizadas no mundo. Dentre elas a Gastroplastia ou Bypass gástrico em Y de Roux (nome técnico) é considerada o padrão ouro para tratamento da obesidade mórbida.

desc

 

          Uma técnica bastante promissora é a cirurgia chamada Gastrectomia em Manga (Sleeve Gastrectomy, nome original), que consiste na realização de uma manga (estreitamento do canal) com o estomago, diminuindo a sua capacidade dos habituas 1,5 litros para aproximadamente 150-200 mililitros. Esta cirurgia tem se mostrado efetiva na perda de peso a curto e médio prazo, no entanto, esta perda de peso é um pouco menor que a Gastroplastia e não há dados de longo prazo (mais de 5 anos) para saber como é a manutenção desta perda de peso.

          Outra técnica interessante é o uso do Balão Intragastrico (BIG), técnica  realizada através de um procedimento de endoscopia digestiva, portanto não necessita cirurgia. Com esta técnica é introduzido uma balão dentro do estômago sendo preenchido por soro, com isso o paciente tem a sensação de estar com o estomago cheio e acaba não comendo grandes quantidades e portanto emagrecendo. Por ser um procedimento com componente somente restritivo, a perda de peso é menor que a Gastroplastia e que a Gastrectomia em Manga. Este tratamento tem o inconveniente de ser temporário, pois o BIG deve ser retirado em 6 meses.

          Existem também outras técnicas nas quais o componente de falta de absorção dos alimentos é maior, como é o caso da cirurgia chamada de Scopinaro (Cirurgião italiano que inventou) e a Derivação Biliopancreática, essas duas técnicas levam a uma perda de peso ainda maior que a Gastroplastia, no entanto, são cirurgias de maior risco e com maiores complicações a curto e longo prazo. Normalmente são indicadas em casos selecionados. 

          A Banda gástrica também é uma técnica utilizada para tratar a obesidade que consiste na colocação de um anel (bandagem) ao redor do estomago para restringir a entrada do alimento. Esta técnica apesar de levar a uma perda de peso significativa, tem sido abandonada devido a alta taxa de complicação relacionada a entrada da banda para dentro do estomago depois de 5 a 10 anos de sua colocação.

desc

 

          Novas técnicas ainda estão em desenvolvimento, mas como não são aprovadas pelos órgãos competente só podem ser utilizadas em regime de pesquisa cientifica com projetos liberados por comitês de pesquisa.