SCIH

O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) e a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do Hospital da Unimed Vale do Caí vêm atuando desde a inauguração da Instituição.

A Infecção Hospitalar é um dos grandes problemas enfrentados nos hospitais e por profissionais da saúde. Controlar a infecção é garantir a qualidade dos serviços e atendimentos prestados dentro da nossa instituição.

Infecção Hospitalar é toda e qualquer infecção adquirida pelo paciente após a sua hospitalização e que venha a se manifestar durante a internação, ou mesmo após a alta do paciente. O SCIH, desenvolve ações em conjunto com a CCIH, visando prevenir ou reduzir a incidência ou a gravidade das infecções hospitalares.

A CCIH tem como objetivo não somente de prevenir e combater à infecção hospitalar, beneficiando dessa maneira toda a população assistida, mas também de proteger o HUVC e seu corpo clínico.

Fazem parte da CCIH:

Administrador: André Luiz Hinterholz
Dr. Júlio C.C. Martins (Coordenador do CCIH)
Dr. Antônio Rosa Filho (Infectologista)
Drª Mirella Ferrari (Anestesiologista)
Drª Evely Rabello Drummond e Dr. Luiz C. W. Franczak (Pediatra)
Enfª Fernanda P. Cherobini e Fabiane Marostega (Enfermeiras do SCIH)
Enfª Iara M. Goerck (Gerente de Enfermagem)
Nara Fontoura (Bioquímica)
Katieli da Rosa ( Farmacêutica)
Milena Jantsch (Técnica de Enfermagem do SCIH)
Remi Dickel (Técnico de Segurança do Trabalho)


Seguem algumas dicas de como prevenir e controlar a Infecção Hospitalar:

    1. Lave as mãos:
    - Antes e após visitar o paciente;
    - Após usar o banheiro;
    - Caso se contamine com secreções do paciente;
    - Ao cumprimentar ou manipular o paciente.

    2. Siga as recomendações de isolamento da CCIH, utilizando de maneira adequada as medidas de barreiras;

    3. Evite visitas a pacientes quando estiver com qualquer processo infeccioso ativo (gripe, amigdalite, viroses, etc);

    4. Não sente no leito do paciente;

    5. Evite circular pelos corredores e quartos de outros pacientes;

    6. Mantenha a porta do quarto de pacientes em isolamento sempre fechada;

    7. Não manipule equipamentos hospitalares reservados para uso do paciente;

    8. Evite usar anéis, pulseiras e relógios em unidades críticas ou de isolamento;

    9. Evite trazer crianças menores de 12 anos;

    10. Não traga alimentos para o paciente sem ordem médica ou da nutrição;

    11. Não deixe restos de alimentos no quarto pois são fontes de micro-organismos e atraem insetos;

    12. Siga rigorosamente as normas e rotinas do hospital.